atendimentos

BEM-VINDOS!

Orientações, consultas, partilhas e atendimentos: via skype ou presencial.

Para marcar um horário, escrevam para o email fernanda.manzoli@gmail.com

" Todos os tipos de relacionamentos proporcionam transformação, tomada de consciência e crescimento pessoal e espiritual "

Espero você para este sagrado encontro!!

Somos todos UM!

domingo, 20 de novembro de 2011

Mensagem de Ísis

DEIXAR A REALIDADE DA DUALIDADE


Mensagem de Ísis

A Terra é um lugar onde a dualidade tem um grande papel, se não for o maior papel na sua vida.



Vocês têm tantos modos de expressar a dualidade que vocês nem veem neste momento e é por isso que fica muito difícil para muitos liberarem seus apegos à Terra.



Liberar totalmente a dualidade é o maior passo no caminho da ascensão e na saída da realidade da Terra.



Entender como a realidade está integrada em todas as partes de sua vida humana é o primeiro passo para a liberação.



Eu posso lhes dar exemplo após exemplo do modo como a dualidade está dentro de vocês, mesmo que muitos de vocês pensem que já viram todos.



Por exemplo: por que vocês se chamam de trabalhadores da luz?

Há dualidade porque significaria que também há trabalhadores das trevas.

Os trabalhadores da luz são bons, os trabalhadores das trevas são ruins.

Isto é dualidade.

A partir do momento que vocês se consideram trabalhadores da luz, vocês declaram que existe um oposto, o que nega a unidade com o Tudo que É.



É a mesma coisa quando se diz: nós estamos tentando salvar o mundo, significando que existem outros por aí tentando não salvar o mundo.



Outro exemplo é quando vocês diferenciam entre um mestre e um aluno.

Como se diz: quando o aluno está pronto, surge o mestre.

Também pode se dizer: quando o mestre está pronto, surge o aluno.

Como todos vocês são ambos, vocês são tanto alunos como mestres.



Quando lhes é dito que vocês são grandes seres de luz e que estão se tornando mais iluminados a cada dia, isto significa que existem outros que não são de luz ou que estão ficando menos iluminados?



Vocês veem algumas mensagens como obscuras ou inverídicas.

E outras como da luz e cheias de verdade.



Todas essas são formas do pensamento dual, da visão dual.



A dualidade é um modo de usar seu discernimento às vezes; como humanos, vocês precisam de uma forma de discernir e é por isso que a dualidade é realmente utilizada no seu planeta.

Vocês discernem dentro de vocês entre verdade e inverdade.

Esta é uma forma muito pessoal de usar o pensamento dual que está dentro da sua realidade humana.



Uma vez que vocês vão mais e mais além das formas do pensamento dual, isto os libera de muitos apegos à realidade terrena.

Permite que vocês se tornem mais e mais pessoas sensíveis, alguém que não precisa diferenciar entre trevas e luz, verdade ou inverdade, mas sim, alguém que vê as energias e como elas são utilizadas para criar uma determinada realidade.



Há um conhecimento interior que se torna disponível, que nem lhes permite pensar sobre o que é trevas ou o que é luz, o que é verdade e o que não é.

Permite que vocês se ajustem e criem dentro da energia de cada momento no tempo.

Isto também os faz avançar no caminho da Ascensão e é o que os orientará para o movimento de saída desta realidade como vocês a conhecem e de entrada na sua realidade espiritual.

Não é tanto sobre deixar a realidade da dualidade, já que é mais sobre integrar a realidade da dualidade.



Eu não posso dizer se a dualidade é errada ou certa, já que isto significaria dualidade também.



Há muitas formas de se olhar para a dualidade e a dualidade pode ser usada de muitas formas.



Talvez agora seja a hora de dar uma nova olhada em como vocês usam a dualidade dentro de sua vida e como ela os influencia, pois vocês estão se tornando mais parte de um ser, a unidade.



Como acima é abaixo, o que está no seu interior também está no seu exterior.



Ísis


Através de Petra Margolis

http://www.ascendedmasters.org/

Fonte: http://lightworkers.org/channeling/

Tradução: SINTESE

http://blogsintese.blogspot.com/

Respeite os Créditos

Nenhum comentário:

Postar um comentário