atendimentos

BEM-VINDOS!

Orientações, consultas, partilhas e atendimentos: via skype ou presencial.

Para marcar um horário, escrevam para o email fernanda.manzoli@gmail.com

" Todos os tipos de relacionamentos proporcionam transformação, tomada de consciência e crescimento pessoal e espiritual "

Espero você para este sagrado encontro!!

Somos todos UM!

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

PROTOCOLO: FUSÃO DOS ELEMENTOS


 
 
      PROTOCOLO:    
 
FUSÃO DOS ELEMENTOS
 
Para integrar mais facilmente as modificações

ligadas à ação dos ElementosSNOW, aquando da sua intervenção de 1 de novembro 2012 propôs 3 abordagens, para favorecer estas integrações, que vocês podem praticar como vocês o sentirem. Quando vocês sentirem o apelo de um Elemento, ao nível da vossa cabeça ou ao nível do vosso corpo, vocês podem então acompanhá-lo de 3 formas diferentes.

“Qualquer que seja a Vibração do Elemento ou dos Elementos que são vividos (na cabeça e no conjunto do corpo), deixe-os, simplesmente, agir. Não os dirijam: vocês não o poderiam. Mas deixe-os criar o que eles devem criar.”
 
1 - Em Presença
 
Sentem-se ou deitem-se (braços e pernas descruzados) e, como o diz SNOW: "permaneçam, simplesmente, tranquilos e deixe-os abrir, em vós, o que eles (ndr: os Cavaleiros, os Elementos) vieram abrir".
 
2 - Colocando as mãos sobre os
Triângulos Elementares da cabeça
 
Estas posturas tinham sido descritas por UM AMIGO, no Yoga da Eternidade (ver as suas intervenções de 17, 18 e 19 de setembro de 2010 o Yoga da Unidade).

Trata-se de colocar três dedos (o polegar, o indicador e o médio da mesma mão) sobre os pontos do Triângulo Elementar correspondente, ao nível da cabeça, o tempo que desejarem.
 


 


 


 


 
 
 
Os Pontos são descritos precisamente no Protocolo as 12 Estrelas.
 
3 - Mandalas de Cristais
 
Sentamo-nos, em posição egípcia, os olhos fechados, durante 45 minutos, no centro de uma mandala constituída por 3 cristais colocados no solo, segundo uma forma triangular, a cerca de 50 cm do eixo do corpo. No que se refere à escolha do elemento, o ritmo da prática de tal ou tal: sigam unicamente o vossos sentir.

Cada cristal corresponde a uma Estrela. Os esquemas abaixo, em particular, a vista de cima, mostram como colocar estes cristais:
 
 
FOGO
 
 
 
• Em frente a si: uma rodocrosita (AL)
 
• Atrás, à esquerda: um topázio imperial (ATRAÇÃO)
 
• Atrás, à direita: uma esmeralda (REPULSÃO)
 
 
AR
 
 
 
 
• À sua esquerda: um octaedro de fluorite azul ou verde (IM / ICI)
 
 • À frente, à direita: um quartzo aqua-aura (CLAREZA)
 
 • Atrás, à direita: um quartzo fantasma (UNIDADE)
 
 
ÁGUA
 
 
 
• À sua direita: um peridoto (IS / NUNC)
 
• A frente, à esquerda: uma selenite (PRECISÃO)
 
• Atrás, à esquerda: uma kunzite (PROFUNDEZ)
 
 
TERRA
 
 
 

• Atrás de si: uma turmalina melancia [ou a associação simultânea de uma turmalina rosa – rubelite – e de uma turmalina verde – verdelite] (OD)
 
• À frente, à direita: uma hiddenite (VISÃO)
 
• À frente, à esquerda: um cristal Fonte/ Lemuriano ou um cristal de rocha talhado em selo de Salomão ou um cristal de rocha rolado, sem ponta (KI-RIS-TI)
 
Os cristais utilizados para este protocolo são idênticos aos utilizados por 2 outros protocolos : Finalização do Corpo de Estado de Ser e Reconstrução do Corpo de Ressurreição. O objetivo é, efetivamente, sempre o mesmo, mas considerado segundo 3 pontos de vista, o que explica as 3 formas diferentes de posicionar os mesmos 12 cristais.
 
 
Tradução para o português: Cris Marques e António Teixeira
http://minhamestria.blogspot.com.br
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário