atendimentos

BEM-VINDOS!

Orientações, consultas, partilhas e atendimentos: via skype ou presencial.

Para marcar um horário, escrevam para o email fernanda.manzoli@gmail.com

" Todos os tipos de relacionamentos proporcionam transformação, tomada de consciência e crescimento pessoal e espiritual "

Espero você para este sagrado encontro!!

Somos todos UM!

quarta-feira, 26 de junho de 2013

mais presentinhos de Anthar



AS PRISÕES - FINAL

Estar sozinho, ou sentir-se só, é uma fase preparatória, necessária e temporária no processo de libertação do SH, e é também como e quando ele enfrenta seu maior desafio, que é encontrar-se livremente consigo mesmo.

Este período é conhecido popularmente como ‘a noite escura da Alma’.

Também nesta fase de ‘solitude’ o SH tem a tendência, infeliz e retrógrada de irritar-se, cansar-se e desistir, embora “voltar atrás” (para as velhas prisões conhecidas) seja mais assustador do que “seguir em frente”, rumo à Liberdade Desconhecida.

Se não acredita, experimente.

Depois de superada/transcendida esta fase de solidão o SH estará preparado para encontrar os seus semelhantes; o seu real e verdadeiro grupo de SH igualmente livres.

Quando então poderá viver, de verdade, o conhecido slogan: Agora sim, Somos Todos UM.


Anthar


 



ABANDONO DO EGO


A pergunta bem original (...) da semana:

‘Como’ abandonar o ego?
Vamos lá.
Primeiro é preciso identificar o seu ego. Você já o conhece e reconhece quando ele está no comando? Como ele é? O que ele faz? O que ele quer? Como você se comporta quando está sob a influência dele?

Isso implica em certo esforço de observação, disciplina e até um pouco de conhecimento teórico, para ajudar. Sem isso corre-se o risco de se iludir e confundir o ego com a ‘alma’ (o ego é bem capaz de se fazer passar pela alma...). Grande parte das pessoas cai nessa armadilha. Infelizmente.

A puro título de colaboração simples e direta, vou dar-lhes uma ‘dica’ popular sobre como conhecer, reconhecer e até mesmo ‘controlar/abandonar’ o seu ego. Este conhecimento é oferecido pela astrologia – uma ciência milenar voltada para o autoconhecimento. Quem quiser, que utilize o seguinte conhecimento: o ego é identificado pelo ascendente, no mapa astral.

Conhece o seu ascendente? Se não sabe, pesquise pela internet como conhecer o seu.
Lembre-se que não estou, e nem vou, dar ‘aula’ sobre o assunto. Apenas uma ‘dica’.

É o seguinte: o SH vive na 3D, que reconhecidamente trabalha com as polaridades, objetivando encontrar o equilíbrio entre os opostos. Os ‘extremos opostos’, em outras palavras, o ‘positivo’ e o ‘negativo’. Assim sendo, o signo do ascendente pode revelar as polaridades a serem trabalhadas pelo seu ego/personalidade, no dia-a-dia.

A polaridade negativa do signo do ascendente revela os aspectos do seu ego/personalidade que, geralmente, costumam causar os problemas em sua vida diária. Por ex: alguém que tenha o signo de Leão no seu ascendente, deve começar pesquisando os aspectos negativos deste signo. Só para citar dois: vaidade e ambição. Duas coisas que devem ser muito bem entendidas para que possam ser trabalhadas e equilibradas pela Consciência Humana na conduta do dia-a-dia do SH encarnado na 3D e ainda focado no ego. Identificando e controlando os aspectos negativos do ascendente, consegue-se, aos poucos, abandonar o ego.

Lembrem sempre: vocês não são o seu ego!

Quando não entendidas corretamente, as polaridades negativas costumam ser as causas de problemas da personalidade/ego, pois os SH com o ascendente em Leão, por ex., ‘estão sempre querendo aparecer’, ‘sempre querendo atenção’ e procurando sempre pelo ‘reconhecimento/aplauso dos outros’.

Como ‘equilibrar’ um ego (ou ascendente) como esse?
Através dos aspectos positivos (polaridade positiva) do signo. No exemplo dado, devem ser identificados os aspectos positivos do ego em Leão, tais como “a bondade, o imenso coração benevolente do Leão e sua confiança em si”.

E, aí está: para ‘abandonar’/controlar o seu ego/ascendente de Leão, por ex., o SH só precisa des-identificar-se com o “leão negativo” (EU NÃO SOU VAIDOSO E AMBICIOSO). E identificar-se cada vez mais com o “leão positivo” (EU SOU BONDOSO, SEGURO E BENEVOLENTE). Isso, especialmente na sua conduta diária e em seus relacionamentos com os outros. É uma pequena, mas boa e eficiente ajuda.

Pesquisem mais sobre o assunto. Aprofundem este conhecimento que está ao alcance de todos. Não posso fazer isso por vocês.

Mais uma dica: o ego é sempre alimentado pela Mente Racional, positiva ou negativamente. Ela é a responsável pela manutenção da vida do SH baseada no ego.
E o que faz a mente racional?
Ela pensa.
E o que ela pensa?
O que ela quiser.

Assim, quando você quiser, realmente, abandonar o ego (para conseguir abandonar-se à Luz), você simplesmente precisa se dar o direito de pensar de outra maneira. Lembre-se que o tal do livre-arbítrio se aplica aos seus pensamentos (você pode pensar o que quiser!).

Aproveite essa lei (livre arbítrio) para mudar seu ponto-de-vista! Mudar de opinião! Mudar suas ‘crenças’...
Esse é um bom caminho para conseguir “abandonar o ego”, ou seja, colocar o ego no seu devido lugar.

Para DB.
Anthar

Ditado oriental: “Só tolos e ignorantes não mudam de opinião”.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário