atendimentos

BEM-VINDOS!

Orientações, consultas, partilhas e atendimentos: via skype ou presencial.

Para marcar um horário, escrevam para o email fernanda.manzoli@gmail.com

" Todos os tipos de relacionamentos proporcionam transformação, tomada de consciência e crescimento pessoal e espiritual "

Espero você para este sagrado encontro!!

Somos todos UM!

domingo, 20 de março de 2011

   
DESACELEREM O RITMO FRENÉTICO
EM QUE VOCÊS VIVEM


Mensagem de Saul



por John Smallman

em 20 de março de 2011



Os principais distúrbios que estão ocorrendo por todo o planeta são indicadores - precursores, se vocês preferirem - de que o momento da humanidade despertar está se aproximando.



A ilusão, e as experiências por que vocês passam nela, está se tornando crescentemente insustentável já que mais e mais de vocês sofrem em uma escala não vista desde as duas grandes guerras do século passado.



Já foi o suficiente para vocês e todos vocês estão pedindo por algo muito melhor: vidas para se apreciar sem o estresse e a ansiedade da preocupação de "o que vem agora?"



É espantoso como permitiram que a ilusão se tornasse tão desagradável antes de tomarem a decisão coletiva de despertar dela.



Vocês estão dormindo tão profundamente e há tanto tempo que despertar exige uma enorme quantidade de energia, e é por isso que vocês todos estão tão firmemente envolvidos no abraço divino de Deus, pois Ele os preenche com uma abundância infinita de Seu Amor.



Nenhum de vocês é incapaz de se beneficiar do Amor, apesar de que, claro, vocês podem se recusar a aceitá-lo.



O número de vocês que se recusam a aceitar esta dádiva divina está decrescendo rapidamente, porque ninguém pode estar inconsciente da necessidade do amor d'Ele para obter paz de espírito neste mundo incerto e ameaçador em que vocês parecem ter sua existência.



Ao encontrar-se em paz - através de práticas para redução do estresse, tais como técnicas de relaxamento, meditação, dança, música, pintura, redação, ioga, etc. - vocês compartilham essa paz com familiares, amigos, vizinhos e colegas de trabalho, e os ajudam a também obter níveis baixos de estresse.



Fazer isso possibilita que vocês desacelerem o ritmo frenético em que vocês vivem, e lhes dá tempo para que vocês questionem seus motivos para se esforçarem tanto.



Muitos nas sociedades ocidentais parecem ver uma grande honra e valor nas vidas coordenadas que eles levam, seja no trabalho ou no lazer, apesar de que seu lazer é tão coordenado que dificilmente pode ser descrito como lazer!



O modo coordenado de viver não deixa tempo para a sua verdadeira vida. Ele preenche todos os momentos com atividades - pensar, falar, fazer - não deixando tempo para a reflexão e a contemplação, independente se sua vida proporciona ou não uma sensação real de satisfação.



Em geral, qualquer satisfação experimentada não tem vida longa; e então, é necessária uma nova fonte de satisfação para substituir aquela que se esgotou.



A verdadeira satisfação é serena e duradoura; não é algo que se experimenta e então se descarta.



O tipo de experiência que vocês têm nunca é satisfatório, e é por isso que parece sempre precisar ser substituído.



Esta constante pressa para obter mais experiências novas na verdade é um afastamento da vida, uma recusa de estar consigo, de se aceitar e de aproveitar a experiência.



Um grande número de vocês acha que estar sozinho e em silêncio é ameaçador, porque todas as culturas da humanidade lhes ensinam que se vocês estão sozinhos, vocês não são nada... não têm valor. Mas se vocês fizerem alguma coisa, vocês podem se destacar da sua inutilidade, e assim podem se unir e pertencer a um grupo, e, consequentemente, vocês têm a prova de que vocês têm algum valor.



Mas, infelizmente, se vocês cometem erros ou ofendem as pessoas, esse senso de valor pode ser invalidado e vocês podem ser banidos do grupo que vocês se esforçaram tanto para participar.



Então há uma constante ansiedade impelindo-os a manter ou melhorar sua posição na sociedade.

O negócio é que vocês têm um valor infinito exatamente como vocês são.



Qualificações, títulos e conquistas são inexpressivos e inúteis, e vocês logo percebem isso porque a célere satisfação que eles lhes trazem não é duradoura.



A satisfação duradoura só pode ser encontrada na sua autoaceitação; e como Deus atribuiu um valor eterno e infinito a cada um de Seus filhos, como poderia lhes fazer sentido julgarem a si (ou a alguém mais) de forma tão imprópria?



Lembrem-se deste fato pelo menos uma vez por dia.



Parem de se julgar e, além disso, perdoem-se por seus erros, os quais são um dos aspectos mais absurdos da ilusão.



A redução do estresse e da ansiedade pessoais resultante disto os conduzirá para o seu glorioso momento de despertar.



Com muito amor, Saul.



fonte: http://johnsmallman.wordpress.com

Tradução: SINTESE

http://blogsintese.blogspot.com

Respeite os créditos

Nenhum comentário:

Postar um comentário