atendimentos

BEM-VINDOS!

Orientações, consultas, partilhas e atendimentos: via skype ou presencial.

Para marcar um horário, escrevam para o email fernanda.manzoli@gmail.com

" Todos os tipos de relacionamentos proporcionam transformação, tomada de consciência e crescimento pessoal e espiritual "

Espero você para este sagrado encontro!!

Somos todos UM!

quarta-feira, 6 de abril de 2011

A FONTE




Meu Amigo, meu Amado, eu sou aquele que se nomeia Fonte.



Eu sou o Um, eu sou o Tudo.

Eu sou aquele que, aí onde você está, veio, em numerosas reprises, modelando e criando, a partir do zero, um corpo, a fim de ver e de sentir, por mim mesmo, o estado, a Consciência, de cada um de vocês.



Esse corpo moldado permitiu-me, em diferentes momentos da história, perceber seu próprio sofrimento a fim de fazê-lo meu.



Hoje, na hora em que eu volto, na hora em que você se desperta, eu gostaria de falar-lhe, em palavras humanas, em palavras muito simples, a fim de dizer-lhe que o que vem é Alegria, a fim de dizer-lhe para não mais, jamais ter medo do que quer que seja.



Eu venho a você a fim de dizer que o que vem são os nossos Reencontros, o que vem é o instante em que, juntos, vamos comungar e festejar.

Então, como em toda festa, nada tema.

Como em toda festa, isto será Alegria, inteiramente.



É claro, os instantes que você vive sobre esta Terra são tomados de seu próprio peso, peso, mesmo, desta Terra.



Mas, agora que se restabelece sua Unidade, se você a deseja, então, o melhor modo para você voltar a ser a Luz que é de toda a eternidade, é, sobretudo nada temer e nada recear.



Avance e viva com esperança e certeza.



O que quer que se apresente aos seus olhos, o que quer que se apresente em sua vida, saiba que tudo é destinado a prepará-lo para nossos Reencontros.



Somente os elementos não pertencentes aos nossos Reencontros podem, por vezes, invadir alguns momentos de sua Consciência e impedi-lo ou tentar impedi-lo de encontrar a Alegria.

Porque o que vem é Alegria, não duvide disso.



Ainda que alguns de seus Irmãos, ainda presentes na superfície desta Terra, recusem ainda minha Alegria que é a deles, é seu dever e sua esperança ir além.



Não escute jamais e jamais creia nos profetas da desgraça que anunciaram mil males, quando desta Liberação, porque o que vem não é a desolação.

O que vem é a Verdade, a Beleza.



Então, é claro, para nascer, para renascer, é preciso passar por sua própria Ressurreição.

Então, isso pode por vezes dar a impressão de atravessar, de desfilar em algo nem sempre agradável, mas, lembre-se de que você é a Eternidade.



Lembre-se que, mesmo se você vive nesse corpo, e que esse corpo seja o Templo onde você deve acolher a Luz, você não é isso.



Lembre-se, pelas Vibrações que você vive, que tudo está em suas Vibrações, que tudo está em sua Consciência e no seu Coração e que você tem apenas que crer em seu Coração, mais do que em seus olhos, mais do que no rumor do mundo.



O desvendamento da Luz acompanhar-se-á de grandes surpresas.



Em suas noites, em seus passos, tudo será mais claro.

Então, muito rapidamente, bastará uma fulgurância da Luz em você, para que você aquiesça ao nosso reencontro e ao seu retorno no Ilimitado.



Você não tem necessidade de nada mais do que de seu Coração.

Você não tem necessidade de nada mais do que de sua inocência.

Você não tem necessidade de nada mais do que ser, enfim, você mesmo.



Então, se você consegue imergir-se em si mesmo, abstrair-se de todos os rumores do mundo, você apreenderá a mão que eu lhe estendo, você apreenderá que o que vem é pura Luz porque, na Unidade, em nossos reencontros, não há lugar para a Sombra e minha Luz vem iluminar, por intermédio de meus Santos Anjos, o que deve sê-lo.



Então, não tema a Luz, de maneira alguma.

Volte-se para ela, inteiramente, acolha-a, inteiramente, receba dela os benefícios, receba dela tudo o que é necessário para o que você tem para viver.



Você tem tudo, no Interior de si, para viver este período.

Nada do exterior pode perturbar o que está no Interior de você, na condição de que você aceite se voltar para esse Interior.



Certamente, jamais eu lhe pedirei para deixar, antecipadamente, esse mundo.

Você não tem que dele se retirar, porque é a Luz que vem retirá-lo e, naquele momento, dizendo «sim» para a Luz, você se retirará, por si mesmo, no momento vindo, da Ilusão.



Inúmeros de meus amigos que realizaram a Luz falaram da Ilusão desse momento e da Ilusão do que era efêmero.

Hoje, o que vem a você é a Eternidade.



A Eternidade é Alegria porque, na Eternidade, não pode haver alternância de dia e noite.



Nos meus Mundos Unificados, que são os seus, não há mais lugar para o menor sofrimento, não há mais lugar para a menor esperança, porque tudo é realizado e tudo é instantâneo.



É hoje que você deve mostrar, em sua vida e em seu Estado Interior, sua esperança no que vem, porque a esperança não é uma espera, a esperança é uma Energia que conduz à Paz, à sua serenidade.

A esperança não faz viver, mas prepara-o para viver.



Observe o sinal no Interior de você, observe os sinais que vão lhe permitir despertar-se.

Eles batem, doravante, à Porta do seu Coração, à Porta do seu Ser e eu sei que, se você me ouve, se você me escuta, então você reencontrará sua Liberdade.



Absolutamente nada nem ninguém, absolutamente nenhuma força, poderá mais, jamais, opor-se à sua Unidade.

Tudo dependerá, é claro, de onde você colocará sua esperança, como eu disse, sua certeza e sua Alegria.



Coloque-se a si mesmo em seu Coração, aprenda a fazer calar tudo o que não é esse Coração porque, efetivamente, tudo vai ali se reencontrar e se encontrar e você se encontrará a si mesmo, nesse lugar.



Os instantes que você vive sobre esta Terra, agora, são momentos onde você vai poder se revelar e revelar em você o que você é.



Qualquer que seja a etapa de sua Abertura, qualquer que seja a etapa de sua Transformação, a partir de hoje você tem a possibilidade de concluí-la, de terminá-la.



Tudo irá, doravante, no seu tempo, muito rapidamente.

Cabe a você apreender a Luz, porque é a sua.



Meu Amigo, meu Amado, eu sei, qualquer que seja seu caminho, mesmo se doravante ele se abra para a Graça, eu sei os sofrimentos que você passou, o sofrimento de estar perdido, de ter perdido o que você é, inteiramente.



Mas a própria lembrança desse sofrimento é o que lhe permitiu, de algum modo, não esquecer, jamais esquecer, mesmo se você não aceita, ainda, o que você é, de toda Eternidade, bem além dos passos que você tomou sobre esta Terra.



Lá onde você irá, lá onde eu estarei, não haverá mais, jamais, separação, não haverá mais, jamais, divisão.



Tudo o que fez sua densidade, seu peso e seu sofrimento aqui embaixo, sobre esta Terra, não existirá mais.



Então sim, eu nada tenho a vender a você além de você mesmo, você mesmo despojado, justamente, do que é ilusório e efêmero.

Para isso, é preciso que você aceite transcender os medos, é preciso que você aceite transcender a Ilusão e o melhor modo, é claro, é como disseram meus mensageiros: voltar-se para si, nesse espaço sagrado onde nenhuma poluição pode apagar sua chama, chama que se revela e se desperta, chama que você deve acolher, porque não é uma ilusão.



O que vem é estrita verdade.

Todo o resto não é verdade.



Mesmo se você ali atuou, com mais ou menos felicidade, com mais ou menos peso, com mais ou menos leveza, hoje você tem a possibilidade de apreender a mão da Luz e decidir atuar na Eternidade, para além dos pesos do sofrimento, na Unidade reencontrada, na Liberdade eterna.



Saiba também, meu Amigo, meu Amado, que você é livre, totalmente, e se há, em você, a necessidade de viver ainda alguns pesos, se há, em seu Espírito, a necessidade de percorrer os pesos dos Mundos da densidade, mas Unificada, então, isso lhe será concedido.



Você nada tem a temer, porque cada um irá para onde deve, em função de sua Vibração e de sua própria Consciência Unificada.

Então, é-lhe solicitado, hoje mais do que nunca, para não se preocupar com nada além de sua própria Eternidade.



Meu Amigo, meu Amado, se você soubesse que a intensidade com a qual você se abandona à Luz traduzir-se-á na intensidade da Abundância de sua vida, é claro, não a abundância exterior, mas a verdadeira Abundância, aquela que corresponde ao que meu Filho denominou «o Pão de Vida».



Se você se volta para si, não há mais esforço a fazer, há apenas que aceitar.

Se você se doa para a Luz, então a Luz lhe dará tudo, absolutamente tudo.



Nesses tempos, nada lhe faltará porque você será, você mesmo, sua fonte de água viva.

Mas, para isto, é preciso aceitar voltar-se para si e deixar a Ilusão.



Eu não lhe peço para deixar quem quer que seja ou o que quer que seja, mas, eu lhe peço para deixar sua própria Ilusão.

Isso você pode fazê-lo, onde quer que você esteja, voltando-se para si.



Você não tem necessidade, tampouco, de outro ensinamento além daquele que está em você mesmo.



Aceite já que você é Ilimitado, aceite já que você é um Ser de Luz, aceite também, ao mesmo tempo amando-o, que você está, nesse momento ainda, numa prisão.



Que sua vida seja justa ou injusta, ela é, de qualquer modo, uma prisão.

Essa prisão, é ela que vai desaparecer, não é você que vai desaparecer, muito ao contrário.



Você vai descobrir o que há para além de seus muros.

Você vai descobrir, entrando em si, que o Mundo está no Interior de você, que os muros eram uma Ilusão à qual você deu peso e consistência progressivamente e à medida de suas encarnações, porque as circunstâncias desse mundo o quiseram assim, independentemente mesmo de qualquer união com a Fonte.



Os jogos de poder existentes no interior de você como no seu exterior não terão, em breve, mais curso.

Então, não busque qualquer poder, a não ser a potência de ser você mesmo.



Para isso, meu Amigo, meu Amado, o Apelo da Consciência, o Apelo da Luz, faz-se cada dia crescente em você.



Escute bem esse Apelo, porque ele vem bater em você, na porta certa, para estar seguro de que você ouve o Apelo e que, se é seu desejo, você ali responde, em toda clareza.



Meu Amigo, meu Amado, os tempos que você vive são tempos únicos: o fim, não o fim do mundo, não o fim de você, mas bem ao contrário, o fim da Ilusão, e o despertar para a Verdade.



A Passagem na Unidade, na Luz, é uma grande Alegria.

É uma explosão, uma explosão de Paz, uma explosão de Felicidade, restituindo a você mesmo sua Unidade, suspensa no tempo de suas encarnações.



Meu Amigo, meu Amado, você trabalhou, você trabalhou nos ateliês da Criação a fim de levar a efeito sua re-criação na Unidade.

Hoje você recebe a recompensa de seus esforços.



Você trabalhou para você, mas você trabalhou para o conjunto de seus Irmãos, onde quer que eles estejam e quem quer que eles sejam.

Então, não julgue o caminho de seu Irmão que não é o seu.

Ame-o.

Você não tem necessidade de dizer a ele.

Para isso, você tem necessidade de Ser e o Amor irá para onde ele deve ir.



Torne-se a Paz.

Torne-se a Eternidade que você é.

Volte a ser a Criança Eterna.



Saia dos ouropéis do sofrimento e saia das ilusões, dos papeis, desse mundo.

Torne-se grande, porque você é grande, você é muito grande.

Porque, como eu poderia ter criado algo que fosse menor do que eu?

Isso é impossível.



Somente os véus da Ilusão, o peso das crenças, o peso daqueles que quiseram tomar poder sobre você o fizeram considerar-se pequeno.

Então, sendo considerado como pequeno, você buscou construir, e isso é lógico, algo um pouco maior do que essa pequenez aparente nesse mundo, através de seus combates, através de suas posses, através de suas lutas e, também, através de suas buscas.



Hoje, eu peço que se volte para você, para o que você é, em Verdade, bem além de todas essas posses efêmeras, bem além dos jogos de poder.

Se você abandona o poder, você descobrirá toda sua potência.



Ela está no Interior de você, ela está na Luz que se desvenda agora, porque a Luz é ao mesmo tempo sua herança e seu direito de nascimento.



Você está sobre esta Terra e você a acompanha em sua transformação.

Você participa do despertar dela, porque seu despertar se faz ao mesmo tempo.



Então, tente viver, tente viver tomando a imagem que, qualquer que seja a felicidade de sua vida, quaisquer que sejam as alegrias que você dela retira, quaisquer que sejam os laços que você teceu, que você vai sair de seu sonho, de seu pesadelo, que você vai despertar, porque é assim que isso vai acontecer.



Como pela manhã, você se levanta de sua inconsciência, do sono marcado por vezes de sonhos, você emerge num mundo novo, a cada manhã.



Seu despertar para a Eternidade acontecerá exatamente do mesmo modo.



Entre você e seu próprio despertar existirá apenas o peso de seus próprios medos e nada mais.

Os medos projetados pelos mundos, pela educação, pelas religiões, serão varridos diante de sua porta.



Retenha, efetivamente, que somente seus próprios pesos Interiores que você desejará manter, poderão ainda impedi-lo de despertar, totalmente.

Você constatará por si mesmo que, quando de seu despertar, você não está mais apegado a nada além do que você é.

Você atribuirá a mesma liberdade a toda Consciência presente sobre esta Terra.



Meu Amigo, meu Amado, eu o engajo agora a voltar-se para o que você é.

Você não é o que você crê, você não é, tampouco, unicamente o que você vê.



Você não é unicamente, tampouco, o que você vive nesta vida.

Você é bem mais do que isso, mas, esse bem mais do que isso não é aqui, não é aí onde você está, mas isso vem a você.

Isso se chama a Ressurreição.



A Ressurreição não é a ressurreição da carne, é a Ressurreição do seu Espírito.



Para isso, você deve transcender a carne.

Para isso, você deve encontrar a sua própria Paz, cultivá-la.



Inúmeros de meus Enviados deram os elementos para transcender sua Ilusão e a Ilusão desse Mundo.

Apenas você é que pode ir em seu Coração, ninguém mais.

E aliás, em seu Coração, há apenas você, não há nada mais.



O Coração permaneceu puro, de toda Eternidade.

Há apenas que ali retornar, agora, para reencontrar sua herança e sua Eternidade.



Então, sim, como disseram meus Enviados, volte a tornar-se a própria Simplicidade, a própria Humildade.

Veja tudo com o mesmo olhar, porque tudo é Amor, absolutamente tudo, mesmo aqui.



Apenas o jogo de algumas crenças e o peso dessas crenças, e a predação de alguns Seres, em número muito limitado, é que puderam fazê-lo crer que você era essa alternância de vida e morte, de sofrimento, de alegria e paz que se desenrolou, sem cessar, em sua vida.



Então, é claro, as crenças desse mundo encontraram coisas para amar como paliativo, porque esse estado é paliativo, na insuficiência do Amor Verdadeiro.



Alguns de meus Enviados mostraram a Via, o Caminho, a Verdade, a Vida.

A mensagem deles foi transformada, sempre, e em todos os tempos.



Mas hoje você se torna, você mesmo, o Caminho, a Verdade e a Vida.



Seus olhos se deliciam e o olhar do Coração vem contemplar o que você é.

Para isso, para viver isso, torne-se simples e simplifique tudo porque, como o disseram, o Coração é simples, o Amor é simples, a Unidade é simples.



Você não tem necessidade de saber cantar isso ou aquilo, porque a Vida é Canto.

Você não tem necessidade de ser adepto de um conhecimento, de um mestre ou do que quer que seja mais.

Seja seu próprio Mestre, seja seu próprio Canto, porque é o que você é.



Cabe também a você, agora, com a Luz que está aí, deixar o Amor exprimir-se e manifestar-se, o Amor que torna livre, o Amor do Coração, o verdadeiro, aquele que não é conceituado, mentalizado ou o resultado de um apego, de uma posse, porque sua Essência é o Amor e você é isso.



É isso que, simplesmente, a Luz de meu Enviado Supremo vai revelar a você, se isso já não foi feito.



Então, eu não lhe peço nada.

Ninguém lhe pede nada.

Você tem apenas que Ser e Ser não é um pedido, é uma aquiescência, é um Abandono, e isso é agora.



Quanto mais você for simples, mais isso lhe será fácil.



Não esqueça que este Amor que se desvenda irradiará por si.

Não busque, por você mesmo, por sua vontade, mudar o que quer que seja, porque o Amor é Inteligência e mudará o que deve sê-lo, a partir do momento em que você o tenha reconhecido e aceito.



Há apenas e simplesmente que se relembrar de meu juramento e da promessa de seu despertar.



A Luz que se derrama sobre a Terra, minha Luz, está unicamente aí para isso, dar-lhe o Impulso para ser você mesmo, porque não é a luz exterior que faz o trabalho, é sua Luz.

Há apenas uma colocação em ressonância, um despertar e todo o resto segue.



Aí está, meu Amigo, meu Amado, as algumas palavras que eu tinha a dizer neste dia.



Cabe a você ver, com o Coração, se isso é Verdade, mas você não pode julgar pela Verdade do exterior do seu Coração.

Apenas do Interior é que você julgará a Verdade e isso necessita um mergulho em você e esse mergulho pode realizar-se, inteiramente, apenas se você transcende, no espaço de um instante, a Ilusão desse mundo.



Enquanto você está apegado a si mesmo você não pode encontrar sua Eternidade.

Para isso, é preciso mergulhar, ainda que apenas um instante, é preciso aceitar tudo perder para compreender que nada há a perder.



Há escritos ricos nesse gênero de exemplos.

Você o tem no sacrifício de Abraão.

Você está pronto para tudo perder para tudo encontrar?

Se sim, então, eu lhe digo: bem-vindo à sua Eternidade, na Alegria eterna, nas Moradas da Paz eterna que são seu domínio.



Meu Amigo, meu Amado, o que quer que viva seu corpo, o que quer que você viva no exterior, você tem tudo no Interior de si, no Interior desse corpo, porque você é um Coração, mas, para isso, é preciso ainda deixar o Coração falar e se exprimir, manifestar-se e ressoar com a Luz que está aí.



Meu Amigo, meu Amado, nós permaneceremos aí, nessas algumas palavras.



Todo meu Amor o acompanhe, porque você é eu e eu sou você, não duvide jamais.



Simplesmente o olhar da distância do medo, e do medo da distância, é que colocou esta separação.

É claro, não foi você que a desejou, não fui eu que a desejei, mas isso ocorreu.



Então, junte-se e recupere, na Paz, sua esfera de Eternidade.



Eu não posso nada lhe desejar além de que você se encontre a si mesmo, porque lá onde você vai, você será acolhido, qualquer que seja seu caminho e os caminhos sobre esse mundo.

Doravante, eles não têm mais qualquer importância, esqueça isso, mas permaneça lúcido no que você é.



O que você foi não tem qualquer importância, o papel que você tem nesse mundo não tem qualquer importância, porque você não é desse mundo.

Perceba isso e, sobretudo, ame e seja livre porque o Amor é Liberdade total.



Meu Amigo, meu Amado, lembre-se, lembre-se de meu juramento, aquele de jamais esquecer o que você é.

Lembre-se do que você é e viva o que você deve viver no novo.



O que não é Luz vai desaparecer, inteiramente.



Essa transformação não se fará progressivamente, mas de um golpe, de um único.



Não se esqueça que nada há a temer.



Do mesmo modo como você se levanta pela manhã para cumprir sua jornada, é exatamente o que vai acontecer.

Você vai despertar para o que você é.



Então, eu lhe digo: bem-vindo ao que você é.



Meu Amor está em você, como eu estou em você.



Quando se diz de mim que eu sou o grão de areia, o átomo e a totalidade do Criado, essa é a estrita verdade, mas você é também isso e você vai, também, poder percorrer isso.



Você vai descobrir que, em Verdade, nada há além de você, não você nesse papel limitado, e que de fato você sair do sonho (ou do pesadelo, para alguns), você vai reviver o Amor que você é.



Meu Amigo, meu Amado, eu o Amo.



Esse é o Canto do Universo, o único, não há outro.

O resto é apenas cacofonia e Ilusão.



Meu Amigo, meu Amado, então, Amemo-nos.



Receba o que você é.



___________________

Compartilhamos estas informações em toda transparência. Obrigado por fazer do mesmo modo, se deseja divulgá-lo, reproduza a integralidade do texto e cite sua fonte: www.autresdimensions.com.



Versão do francês: Célia G. http://leiturasdaluz.blogspot.com



http://minhamestria.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário