atendimentos

BEM-VINDOS!

Orientações, consultas, partilhas e atendimentos: via skype ou presencial.

Para marcar um horário, escrevam para o email fernanda.manzoli@gmail.com

" Todos os tipos de relacionamentos proporcionam transformação, tomada de consciência e crescimento pessoal e espiritual "

Espero você para este sagrado encontro!!

Somos todos UM!

quarta-feira, 7 de abril de 2010

SOFRO AINDA AS DORES DO CALVÁRIO”...   


Filhos amados,

Não habito o céu fictício, inacessível as vossas almas.

Muito mais próximo Me encontro, tão perto de vós, que poderíeis sentir-Me a Presença, caso cumprísseis as Leis do Pai.

Reviver Meu calvário vos constrange as almas, por verificardes que ainda haveria necessidade do Meu sacrifício, para que pudésseis atender ao chamado do Amor.

Sofro ainda as dores do Calvário, por sentir que vossas almas até agora, encontram-se estacionadas nos mesmos erros e vícios de outrora.

Meu Amor por vós é sem limites, irmãos Meus, porém, não posso mais verter Meu sangue na terra, para convencer-vos de que somente através do amor e do perdão das ofensas, conseguireis limpar vossas túnicas e participar do Banquete da Nova Era.

Muitos são os emissários que em nome do Meu Pai, vos indicam o caminho que sempre passa por Mim, para libertar-vos; porém, estais cegos, surdos e mudos para as coisas do espírito e somente a matéria transitória, sensibiliza vossas almas endurecidas.

Este Planeta, atendendo a Lei do Progresso evolui, e não poderá conduzir-vos do modo que desejais, pois vosso atraso espiritual fere a delicada tessitura da sua nova roupagem, que já se modela.

Acreditai irmãos Meus, o Apocalipse manifesta-se e a "Separação do joio do trigo" processa-se.

Vindes até Mim que Eu vos alçarei ao Novo Mundo.

Vosso Irmão,

Jesus


Vidência: Vi Jesus entrando em Jerusalém, no Domingo de Ramos, e muitas de nós, em idades diferentes (crianças, jovens e adultos), estávamos presentes

http://nossajornadadeamor.blogspot.com/2010/04/sofro-ainda-as-dores-do-calvario.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário