atendimentos

BEM-VINDOS!

Orientações, consultas, partilhas e atendimentos: via skype ou presencial.

Para marcar um horário, escrevam para o email fernanda.manzoli@gmail.com

" Todos os tipos de relacionamentos proporcionam transformação, tomada de consciência e crescimento pessoal e espiritual "

Espero você para este sagrado encontro!!

Somos todos UM!

sábado, 26 de junho de 2010



AS ENCRUZILHADAS... E O CAMINHO A SEGUIR
Por Célia Fenn
20 de Junho de 2010

Nesta véspera do Solstício, estou sentindo mais e mais tensão e ansiedade na Consciência Coletiva. E, também, a raiva e a impotência. Como uma sociedade Planetária, nós alcançamos uma Encruzilhada e devemos fazer escolhas. Muitos destes sentimentos têm a ver com o horror do desastre do Petróleo no Golfo.

Parece que isto, mais do que qualquer outro acontecimento recente, trouxe ao lar das pessoas, as conseqüências muito reais de nosso atual relacionamento com a Terra, e como ela continua a ser muito prejudicada e destruída.

Ao ler os comentários raivosos e desesperadores de muitas pessoas, eu me lembrei de quanto esta situação é retratada no recente filme “Avatar”. O frio e distante CEO que estava somente interessado nos lucros e preparado para destruir um povo e uma floresta sem pensar duas vezes, carrega uma estranha semelhança com o presidente da Companhia Petrolífera, responsável pelo desastre do Golfe.

Eu sempre acreditei que a arte, os filmes, são expressões da Consciência Coletiva, e que vocês podem dizer muito sobre uma cultura, observando a arte e o entretenimento que ela produz. Em muitos casos, estes são reaparecimentos de sentimentos coletivos sobre a vida. Se fôssemos encarar o Avatar deste modo, pareceria que a Humanidade está cansada da Ganância Empresarial e da Economia dos Lucros que levam à destruição do meio ambiente e à impotência das pessoas.

 Há um desejo Coletivo de retornar à “floresta”, esta interconexão com a Natureza e às vibrações da energia Cósmica, e para ser algo diferente, uma expressão do “povo”, ao invés de uma cifra de dinheiro em um jogo violento e destrutivo das empresas. Isto é, naturalmente, toda a natureza e o propósito da Quinta Dimensão e da Nova Terra. Certamente, estamos em uma encruzilhada. Como um Coletivo, podemos fazer agora uma escolha que mude o nosso Planeta para a Quinta Dimensão como um todo, ou podemos continuar neste caminho de lucros e ganância, até a nova catástrofe, quando nos defrontaremos com as mesmas escolhas novamente.

Eu fiquei impressionada pela semelhança entre a história do Avatar e a história tradicional do Graal, porque os arquétipos são familiares. Em Avatar, o herói é um soldado aleijado que se torna o guerreiro que liberta o Planeta. Ele passa por várias transformações e iniciações para se tornar parte do “povo”. Na história do Graal, o Rei Pescador é profundamente ferido e a sua terra se torna um Deserto. Ele somente pode ser curado quando o buscador do Graal, o encontra e é capaz de encontrar a “questão” do Graal. Esta pergunta é: “A quem o Graal serve?” No século XXI, nós sabemos que o Graal é o Ser Humano, o instrumento para o Espírito Divino, e a questão é: “A quem nós servimos? Ao Propósito Divino da Vida e da Evolução, ou às Necessidades Econômicas das Grandes Corporações?”

Esta é uma questão complexa, porque a vida evoluiu neste planeta para apoiar 7 Bilhões de pessoas, e o caminho à frente deve ser capaz de sustentar e apoiar esta população. Nós não podemos retornar à Idade da Pedra. Nós somos uma sociedade tecnológica, e precisamos desenvolver tecnologias que sejam adequadas e que honrem todas as formas de vida. Precisamos deixar de violar a Terra em termos de recursos para impulsionar o crescimento econômico artificial com fins lucrativos e encontrar meios de viver em harmonia com a Terra e em parceria com outras formas de vida. Precisamos encontrar meios de construir comunidades que sejam a expressão do “povo” e não praças de mercado para expandir o consumismo, enquanto continuam a proporcionar as nossas necessidades diárias e a expressão de quem nós somos.

Não, não é fácil. Mas a escolha deve ser feita agora, isto é que é importante. E ela não será feita por nós. Nós não seremos elevados milagrosamente para outro local e ninguém chegará em uma nave espacial para nos salvar de nós mesmos. Como os Hopis dizem: “Nós somos Aqueles pelos quais estivemos Esperando. Nós precisamos nos fortalecer e nos tornarmos Guerreiros da Luz e começarmos a fazer as perguntas adequadas em nossas vidas. A quem estamos servindo? Estamos conscientes de Quem nós Somos e de nosso Poder? E, sim, muitos estão, e estamos fazendo tudo que podemos agora.

Eu sei que muitos, muitos, estão entrando na Consciência Coletiva e no Tempo do Sonho para intervir com imagens holográficas do Paraíso e de uma Terra e Oceanos Limpos, trabalhando com os Cetáceos, com os Anjos e Mestres, com os Povos Indígenas, para encontrar meios de elevar a Terra à realidade da Beleza e do Amor da Quinta Dimensão. E este Ponto de Poder do Solstício, é o momento ideal para associarmos as nossas energias para fazermos uma poderosa intervenção na Consciência Coletiva, para dizermos “sim”, que escolhemos ser parte da Nova Terra e servirmos ao Propósito Divino na Terra.

Entretanto, ao contrário do “Avatar”, isto não será conseguido com violência, mas nos unindo para dar as nossas energias às novas iniciativas e novas formas de Comunidades, que expressem quem somos como o “Povo”. Estamos somente começando este trabalho, e o primeiro passo deve ser a escolha de sermos parte da solução e da Nova Energia da Quinta Dimensão.

Se puderem fazer esta declaração como parte da Cerimônia do Solstício, então estarão capacitando o Coletivo, deixando-o saber que vocês são Guerreiros da Luz e que estão comprometidos com a Transformação Pacífica do Planeta para a Quinta Dimensão da Conexão, para a Noosfera da Luz.

Vocês podem dizer uma simples sentença como: “Eu me comprometo com o Serviço da Luz e com a Transformação Pacífica do Planeta para a Quinta Dimensão do Amor e da Conexão, e eu sirvo à Terra e a todas as suas formas de vida para o Bem Mais Elevado e com o apoio do Espírito. E assim é.”

Então, permitam que o Espírito os guie e se conscientizem das escolhas que vocês podem fazer em sua vida diária que os guie à frente. Faz pouco sentido agora responsabilizar, acusar e ter raiva, a não ser despertar as pessoas de como fomos longe no caminho da destruição ambiental. Talvez estejamos nos afligindo pelo que perdemos, de modo que possamos avançar no futuro. É o momento de fazermos outra escolha e seguirmos outro caminho à frente como um Coletivo. Isto começa conosco e começa com o Desejo para o Amor e a Paz, expressos de modos gentis, mas poderosos! A Consciência Coletiva está esperando ouvir de Nós! Agora!

Assim, aqui está uma interessante interpretação de “Avatar”, que destaca a necessidade interior de desenvolvermos a “empatia” e a “compaixão”, e os aspectos da sabedoria que nos moverão além da exploração e do controle.

http://www.luzdegaia.org/amiguel/celia/encruzilhadas.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário